Almanaque Baiano

Almanaque Baiano

Itamar Ribeiro

Cidadão Baiano

21 de dezembro de 2015 \\ Almanaque Baiano

Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Lamentações 3:25


“Governador do couro curto”, do deputado Pablo Barrozo (DEM), em discurso quinta-feira (17) no plenário, se referia ao governador Rui Costa (PT) porque não suporta as críticas da bancada de oposição.


Cidadão Baiano

O ministro do Superior Tribunal Militar o Tenente Brigadeiro do Ar Francisco Joseli Parente Camelo, foi homenageado quinta-feira (17) pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), com o título de Cidadão Baiano. A proposição foi do deputado estadual e vice-presidente da Alba Adolfo Menezes (PSD).


Dois amigos

O decano deputado estadual Reinaldo Braga (PR) e seu colega de parlamento Vando, são amigos inseparáveis. Quando se encontram na casa parlamentar (Assembleia Legislativa), estão sempre juntos confabulando. Isso é um bom aprendizado para o representante de Monte Santo.


Balanço

Em almoço de final de ano (praxe) quarta-feira (16), com os jornalistas credenciados no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), o presidente da casa parlamentar e deputado estadual Marcelo Nilo, fez um balanço das atividades do parlamento da 18ª legislatura. Sessões Plenárias: ordinárias 126, extraordinárias 20, especiais 82, solene 1, preparatórias 2 ao todo 231. Discursos proferidos 2.501, proposições apreciadas em plenário (do governo do Estado 28, Ministério Público 1, Tribunal de Justiça 4, projeto de Lei Complementar do governo do Estado 1), de iniciativa parlamentar (projetos de lei 106, projetos de resolução 49), Proposições apreciadas pelas comissões e diretoria (indicações 549, Moções 1208, Requerimentos 127), totalizando 2073 atividades.

Nilo informou aos presentes, que para não pedir suplementação orçamentária ao governo do Estado, teve de cortar na própria carne, reduziu passagens aéreas, combustíveis, telefones e outros. Para ele, o ano foi produtivo, as comissões funcionaram regularmente com a participação de integrantes do governo estadual (secretários), também houve aprovação de projetos dos deputados.

Quanto às emendas impositivas cobradas por seus pares, ele intercedeu junto ao governo e estão sendo atendidas. Normalmente o parlamentar indica o município a ser beneficiado com obras ou equipamentos para atender a municipalidade, a exemplo de poço artesiano, retro escavadeiras e o atendimento está sendo feito dentro do possível.


Destino Político

Ainda não está definido, dois partidos estão em observação o PSL ou PSD. Seu novo sonho é o Senado Federal, já com o aval do senador Otto Alencar (PSD) que lhe garantiu apoio político, não importa o partido que esteja. Se Nilo optar pelo PSL agregará 9 deputados estaduais, caso contrário se for para o PSD de Otto, adiciona 7 parlamentares. Continua no aguardo do julgamento do TRE de seu pedido desfiliação do PDT.

Questionado pelos jornalistas, se estaria no rol da sucessão para a Prefeitura de Salvador, “ainda não”, mas não descartou. Deixou claro, quinta-feira (18) terei um encontro com o secretário de Relações Institucionais Josias Gomes e o presidente do PT Everaldo Assunção, mas não adiantou o assunto. Perguntou-se vai para o PT? ou seria o convite para ser o candidato a concorrer com ACM Neto? Perguntas de jornalistas.

Segundo a BAPESP (empresa de pesquisa de satisfação), Neto hoje é favorito, mas não se sabe daqui para frente. Com relação a nomes para enfrentar Neto em 2016, ele destacou outros políticos Alice Portugal, Lidice da Mata, Sargento Isidório e Walter Pinheiro e elogiou “um político bem preparado e conhece a cidade”, afirmou. Outro nome aventado por Nilo foi o do deputado federal Antonio Brito (PTB), mas esse prefere concorrer a Prefeitura de Jequié.

Nilo enfatizou que empresa de pesquisa Bapesp fez um estudo sobre a popularidade de Lula e Aécio Neves e ambos caem na simpatia do povo.


Relação com os pares

Nilo se sente confortável com a bancada de oposição, dialoga mais, se encontram mais, isoladamente ou não, estão sempre em seu gabinete. E afirmou os “deputados oposicionistas ao governo são mais chegados a mim do que os deputados governistas”.


Avaliação com governo

O relacionamento de Nilo com o governador Rui Costa vem melhorando consideravelmente. Ambos conversam semanalmente, cada um respeitando seus limites (executivo e legislativo). Ainda em período de campanha Nilo fazia autoanálise de Rui e atribuía valores;  como político nota 2, como gestor 8, com o passar do tempo ele (Nilo) hoje faz uma nova avaliação como político nota 8 e como gestor 9. “Rui tudo que acertou comigo cumpriu”, afirmou.


Nova Trajetória

1º Sonho – Senado Federal
2º Tribunal de Contas
3º Deputado Federal
4º Aposentadoria


Almanaque Baiano