Almanaque Baiano

Almanaque Baiano

Itamar Ribeiro

Volta querida

20 de junho de 2016 \\ Almanaque Baiano

Se tu, Senhor, observares as iniquidades, Senhor, quem subsistirá? Salmos 130:3.


“Nossa política é diferente” se referindo ao PRB, de tia Eron, deputada federal, na Comissão de Ética da Câmara Federal, no dia da votação do relatório sobre a cassação de seu colega Eduardo Cunha.



“Volta, querida”... A líder da Bancada Feminina na Assembleia Legislativa, deputada Luiza Maia (PT), ecoou o coro dos presentes na cerimônia de outorga do título de Cidadã Baiana à presidenta Dilma Rousseff, quinta-feira (16). E continuou: “Dilma, a Bahia te acolhe, a casa é sua, nossa nova e ilustre cidadã”.


Aneel

O senador Roberto Muniz (PP-BA) cobrou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que encaminhe à Comissão de Infraestrutura do Senado, informações detalhadas dos gargalos, nas obras do setor elétrico do País. Ele questionou o diretor-geral da agência, Romeu Donizete Rufino, durante audiência pública ocorrida na manhã de quarta-feira (15) no colegiado.


Saúde pública

Cada vez mais piora o atendimento no setor público de saúde no Baixo Sul do estado, o deputado estadual Hildécio Meireles (PMDB), demonstrou sua indignação no plenário da Assembleia Legislativa e cobrou soluções por parte do executivo estadual. Segundo o deputado, o governo mais uma vez ignora uma demanda, mais do que importante para região e, consequentemente, milhares de moradores, usuários, que passam por grandes transtornos quando o assunto é saúde pública.


Desemprego

O projeto que reduz os incentivos fiscais da indústria baiana e, consequentemente, aumenta em 10% na carga tributária gerou inúmeras discussões na Assembleia Legislativa da Bahia, na noite de quinta-feira (16/6). Aprovado com 16 votos contra e 54 a favor, o projeto pode gerar ainda mais desemprego na Bahia.

O deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), que votou contra, disse que o projeto leva riscos de desemprego no estado, e frisa que os dados de 2015 já não foram dos mais favoráveis. Ele ainda cita que a aprovação desse projeto de lei (PL) gerará efeito sobre a credibilidade da política de atração de investimentos, perda da atração de empresas para a Bahia e insegurança por parte dos investidores. "Quem vai acreditar na Bahia agora? Se temos um governo que não reconhece o documento que assina, que não honra a palavra empenhada", alfinetou.


Mandado de Segurança

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia entrou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça da Bahia pedindo a nulidade da sessão extraordinária realizada no Plenário da Casa na última segunda-feira, (13).  A ação, protocolada no TJ-BA quarta-feira, (15), questiona a legalidade da sessão aberta pelo presidente Marcelo Nilo (PSL) com apenas 14 deputados, infringindo o regimento interno que determina um quorum mínimo de 21 parlamentares para que as sessões sejam iniciadas.


Rejeitados por 62% para 2018

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisa avaliou que os possíveis candidatos a presidente em 2018 são rejeitados, em média, por 62,6% dos eleitores. A pesquisa atesta: 73,4% disseram não votar “de jeito nenhum” em Lula, fazendo do petista o mais rejeitado dos candidatos; 62% não votam em Geraldo Alckmin (PSDB); 61,9% em Aécio Neves (PSDB); 58,2% em José Serra (PSDB) e 57,5% em Marina (Rede). (Cláudio Humberto).


Moção

Uma moção de congratulação foi proposta pela desembargadora e ex-presidente do Tribunal de Justiça (TJ-BA) Silvia Zarif, a desembargadora aposentada Luislinda Dias Valois Santos, por ter sido convidada pelo presidente interino Michel Temer (PMDB-SP), para o cargo de secretária especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério da Justiça e Cidadania. Zarif destacou, que a nova secretária foi juíza do TJ-BA, atuou em juizados especiais e assumiu cargos na administração do TJ. Membros do colegiado acataram a indicação.


Almanaque Baiano