Bastidores & Política

Bastidores & Política

Azevedo Júnior

Comentado

22 de janeiro de 2018 \\ Bastidores & Política


Já comentamos que começou a disputa Rui x Neto a governador" e voltamos a chamar a atenção para as "fakes news" (noticias falsas) que são postadas a cada dia na internet, especialmente nas redes sociais, e o papel do jornalismo ético e responsável. A Veja fez uma capa de sua revista esta semana sobre o tema e em pesquisa atestou que "83 % dos brasileiros temem compartilhar lorotas na internet". Também atestou que muita gente acredita nas "fakes news" e elas provocam enormes estragos em pessoas, instituições e políticos. E que, as pessoas de renda mais baixa têm dificuldades de identificar o que seja uma "fake" e acredita no que se difunde.


Segue fake

A outra "fake" alardeada em bloco dava conta de que ACM Neto teria boicotado junto a Temer um empréstimo de R$600 milhões pleiteado pelo governo Rui junto ao BB para a recuperação de estradas. Neto teve que vir a público dizer que não se deve atribuir a ele coisas que não fez. E, num segundo repique, espalhou-se que o empréstimo só saira por uma decisão judicial. Coube ao deputado Benito Gama explicar que se tratava de uma 'fake'. E uma terceira também com forte difusão dava conta de que a Prefeitura (Neto) havia boicotado a banda Baiana System no Carnaval. Neto, em coletiva, teve que dar explicações antes mesmo de ser questionado pela imprensa dando conta de que nada disso acontecera.


Capacitação

Até o dia 6 de fevereiro, o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) irá promover a capacitação de cerca de 2,2 mil profissionais que atuam no trânsito do Carnaval de Salvador, entre eles mototaxistas, taxistas, rodoviários e condutores de trios elétricos. Durante as aulas são trabalhados temas como condução preventiva, legislação de trânsito e relacionamento interpessoal. O objetivo é garantir mais segurança aos condutores, passageiros e pedestres durante os dias de folia. Com duração de quatro horas, as aulas vão trabalhar temas como condução preventiva, gestão de risco, relacionamento interpessoal e revisão da legislação de trânsito, os cuidados que precisam ser tomados no transporte de pessoas. 


IPTU em Salvador

Os 600 mil contribuintes do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de Salvador começam a receber os boletos do imposto, a partir desta segunda-feira (15). O IPTU 2018 teve reajuste de 2,7% - o índice está abaixo da inflação do ano, que fechou em 2,95%, o que representa uma diferença de 8,7%. Os cidadãos que optarem pelo pagamento à vista ainda terão 10% de desconto na cota única. Os mais de 245 mil isentos também receberão os boletos nos próximos dias. Caso alguém deixe de receber por algum motivo, poderá emitir uma segunda via do boleto por meio do site da Sefaz, no endereço www.sefaz.salvador.ba.gov.br. O secretário municipal da Fazenda, Paulo Souto, reforçou as vantagens do desconto para pagamento à vista, em um ano que a inflação registrada foi a mais baixa desde 1998. “O pagamento à vista nunca foi tão vantajoso como em 2018. O contribuinte terá um ganho acima de 7% em relação ao modo parcelado”.


Quanto mesmo?

A Bahia é o estado que tem a maior costa atlântica do país: 1000 km lineares a partir da divisa com o Espírito Santo (Extremo Sul) até a divisa com Sergipe (extremo Norte). Nessa linha há, pelo menos, sete polos turísticos mais importantes: Nova Viçosa (Extremo-Sul), Porto Seguro (Extremo-Sul), Ilhéus (Sul), Itacaré (Sul), Morro de São Paulo (Baixo Sul), Salvador/Ilha de Itaparica (Recôncavo), Praia do Forte (Litoral Norte). Nesta época do ano, alta estação, a atividade econômica é intensa e gera milhões em divisas para o Estado e as prefeituras em impostos. Não saberia precisar o quantitativo desse volume de negócios. Aliás, ninguém sabe. Estima-se que 4 a 5 milhões de turistas visitem a Bahia no Verão. Os números dos governos são inconfiáveis. Agora mesmo, a Prefeitura de Salvador divulgou que teria havido 400 mil turistas no Festival da Virada. Imagina! Nem a rede hoteleira e os agregados caberiam tanta gente. E mais: 2 milhões de assistentes no período de todo festival. Só se for uma pessoa em cima da outra. 


Bastidores & Política