Caneta Afiada

Caneta Afiada

Sandro Penelú

MONONUCLEOSE

14 de agosto de 2017 \\ Caneta Afiada

É o nome da doença do beijo. Isso mesmo! As pessoas que adoram uma lingüinha diferente a toda hora devem se preparar para dores de cabeça, febre alta, tonturas e um monte de aftas na boca. Tudo isso causado pela ingestão constante de salivas diferentes. A maior incidência da doença do beijo é exatamente após um carnaval ou micareta. É quando as salivas estão contaminadas pelo álcool, pelo fumo e por outras drogas...

*DARWINISMO INTELECTUAL - Darwin, em sua famosa teoria da evolução das espécies, pregava que na natureza só sobreviverão os mais fortes e aptos. Na vida moderna, não é muito diferente: só sobrevivem, ou seja, só alcançam o sucesso aqueles que são mais aptos e fortes, em termos de sabedoria. Os vestibulares e os concursos públicos estão aí para exemplificar o que estou colocando. A coisa só muda quando alguém aparece com um bom “QI” (Quem Indica). Aí, já viu, né?

*É SÓ VENHA A NÓS – Até quando as instituições bancárias continuarão cobrando taxas e mais taxas dos seus clientes? Pelo menos na minha conta só vem tarifas disso e daquilo e ainda uma taxa de manutenção de conta, que é um absurdo e uma vergonha. Depois, não querem que a gente critique...

*MAIS UMA MALUQUICE CIENTÍFICA - Um pesquisador japonês encontrou uma aplicação musical para o seu trabalho sobre as propriedades mecânicas dos fios de seda de teias de aranha. Ele utilizou entre três e cinco mil fios produzidos por aracnídeos em cativeiro e, com essa seda retorcida, usou o material como corda de violino.

*VAI METER SUSTO EM OUTRO! - Pesquisadores espanhóis descobriram um novo asteróide, que mede cerca de 44 metros de diâmetro e que passará coladinho à Terra, dentro de aproximadamente 2 anos. Caso um bichinho como esse colidisse com a Terra, o choque poderia ter um efeito devastador na superfície terrestre. Por outro lado, esta passagem tão próxima pode gerar uma mudança na órbita do asteróide, e, neste caso, os cálculos para prever uma colisão em um futuro distante teriam que ser refeitos.

*DOS FILMES PARA A REALIDADE - Uma empresa de construção japonesa começou a trabalhar no projeto de um elevador espacial que, segundo suas estimativas, poderia ser concluído em 2050. Essa ideia, anunciada durante décadas pela literatura e pelo cinema de ficção científica, irá se tornar realidade com uma estrutura construída com nanotubos de carbono, um material leve e 20 vezes mais forte do que o aço. Desta forma, não seriam mais necessários foguetes e naves para fazer uma viagem do solo terrestre até o espaço. O elevador chegaria até um quarto da distância que separa a Terra da Lua.

*VOLTO A PEDIR – Sei da sensibilidade do nosso Prefeito e, portanto, volto a lhe pedir que batize o espaço cultural do MAP, com o nome do saudoso Tião Pereira, que foi o maior incentivador e divulgador cultural que Feira já abrigou, além de ator, compositor, poeta e jornalista...


Caneta Afiada