• MP estuda pedir suspensão da travessia Salvador-Mar Grande

MP estuda pedir suspensão da travessia Salvador-Mar Grande

27 de agosto de 2017 \\ Acidente

Apesar da Astramab (Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia) ter confirmado a retomada da travessia de Mar Grande até Salvador por meio de lanchas para segunda-feira (28), a promotora de Justiça Joseane Suzart afirma que não está descartada a possibilidade do Ministério Público (MP) pedir a suspensão da travessia.

Segundo ela, isso seria apropriado até que sejam constatadas as boas condições das demais embarcações que operam no transporte de passageiros e evitar novos incidentes como o que aconteceu com o Cavalo Marinho I.

“A prestação do serviço é necessária à população. Foi por isso que não pedimos a suspensão quando teve início a ação civil pública em 2014. Mas a Agerba, agência reguladora, deve estar acompanhando a prestação desse serviço”, afirma Joseane Suzart.

Ainda de acordo com a promotora, a força tarefa designada pelo MP para tratar do assunto, a partir de segunda-feira, irá avaliar se pede a suspensão da travessia. “Pode ser pedida pelo MP a suspensão, é preciso que esse grupo (força tarefa) na segunda-feira chegue a uma conclusão. Então, eu como promotora não posso dizer que essa suspensão será solicitada, mas não está descartada esta hipótese. Se fosse uma decisão só minha poderia dizer ‘eu faço amanhã e peço a suspensão’, acho até que seria o mais apropriado, mas preciso consultar o grupo que está sendo designado pra gente verificar o que deliberar”.

Neste sábado (26) foi confirmado que a travessia das lanchas será retomada na segunda-feira (28), após liberação da Marinha e autorização da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). As escunas de turismo também só voltam a operar na segunda, de acordo com a Astramab. Já a Travessia Salvador-Morro de São Paulo está operando normalmente neste sábado.

As travessias estavam suspensas desde a quinta-feira (24), após o acidente com a lancha Cavalo Marinho I, que virou 10 minutos após deixar o Terminal de Vera Cruz, deixando 18 pessoas mortas.

Fonte: Correio

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE