• Paulo Bindá se despede da Micareta de Feira após 25 anos de folia

Paulo Bindá se despede da Micareta de Feira após 25 anos de folia

04 de maio de 2017 \\ Especial Micareta

Após 25 anos cantando na Micareta de Feira de Santana, o cantor e compositor Paulo Bindá anuncia que não participará mais da folia feirense nos próximos anos. Paulo Bindá se diz feliz e realizado com seus 30 anos de carreira. "Já vivi histórias incríveis tanto na Bahia, quanto em outros estados. Me sinto feliz e realizado", declara.

Em 2017, cantor se despede dos trios com chave de ouro, levando para a avenida toda a sua alegria e energia, marcas inconfundíveis de sua carreira. Ele promete levar muitos convidados para o seu trio. "São 25 anos ininterruptos cantando na Micareta de Feira. Vou me dedicar a outros projetos e consequentemente, com minha saída, abro espaço para novos artistas", disse.

Paulo já atua junto a organização de projetos culturais em prefeituras da região a exemplo do Natal Encantando e do Festivais Gospel e Festival Metropolitano Vozes da Terra. "Acredito que já dei minha contribuição na música e agora quero contribuir na organização da festa sendo, inclusive, um parceiro da prefeitura", explica. Também quero me dedicar a defender os direitos da classe artística.

Doces lembranças

Paulo Bindá começou na Micareta de Feira de Santana em 1992 num palco fixo da Rua Castro Alves, quando a Micareta ainda era na Avenida Getúlio Vargas. Em sua carreira musical, ele gravou vários CDs e entre suas apostas autorais está "Vem pra mim", uma das músicas mais pedidas nos seus shows.

Com toda a sua trajetória, Paulo tem boas histórias pra contar. Ele relata algumas apresentações que lhe causaram emoção. "Um dos casos que tenho na lembrança é de um rapaz cego que pediu para tocar comigo na avenida. Levei ele pro trio, ele pegou a guitarra, tocou uma música e disse que eu realizei o sonho da vida dele. Isso me marcou bastante", narra o cantor.

"Comecei tocando numa das casas mais emblemáticas que a cidade já que teve, que foi o Bar Parlamento. A cantora Ivete Sangalo, já deu canja comigo lá, no início de sua carreira", lembra Bindá, que garante: "Estou saindo da micareta, mas não da música. Meu coração é só agradecimento aos músicos que me acompanharam e a todos que sempre me prestigiaram com seus aplausos e sua emoção. Muito obrigado".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE