• Plano Safra 2017/2020 será apresentado a gestores da Bahia

Plano Safra 2017/2020 será apresentado a gestores da Bahia

25 de setembro de 2017 \\ Geral

Prefeitos, gestores municipais e agricultores da Bahia conhecem na próxima terça-feira (26/9) os detalhes do Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2020. O Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), apresentará os 10 eixos do plano em evento que será realizado no auditório da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, às 9h. Já na quarta-feira (27/9), a partir das 8h, o público é convidado a participar do Simpósio Compras de Alimentos da Agricultura Familiar, que tem o objetivo de orientar os municípios sobre a modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O Plano Safra auxilia os agricultores familiares com crédito e seguros da produção; titulação de terras; orientação sobre agroecologia; apoio à modernização produtiva; comercialização dos produtos e outros benefícios. Atualmente, a agricultura familiar é responsável por mais de 50% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros, além de corresponder a mais de 30% do PIB Agropecuário, daí a importância de investir na produtividade do campo.

Na Bahia, 87% dos estabelecimentos da área rural do estado são de agricultores familiares. O censo agropecuário aponta ainda que a mandioca é o produto que tem maior produção oriunda da agricultura familiar na Bahia, 91%, seguida pelo milho, 44%, e pelo feijão, 83%.

O chefe da Sead, secretário José Ricardo Ramos Roseno, ressalta que através do plano plurianual, o governo sinaliza para o mercado que garantirá condições de produção para os anos seguintes, aperfeiçoan  do a atividade e financiando por meio do Seguro da Agricultura Familiar (SEAF). “O seguro prevê garantia de renda de até 80% da receita bruta esperada da lavoura. A cobertura de renda líquida será de até R$ 40 mil para lavouras permanentes e olerícolas e R$ 22 mil para demais”, pontuou.

Eixos do Plano Safra

Este ano, o Plano Safra vai além do crédito rural e traz 10 eixos principais. São eles: crédito e seguros da produção; Novo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF); titulação de terras; regulamentação da Lei da Agricultura Familiar; agroecologia; apoio à modernização produtiva da agricultura familiar; comercialização dos produtos da agricultura familiar; Ater; agricultura urbana e periurbana e ações integradas no Semiárido.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE