• CRISE: Cidade do Recôncavo demite 60 funcionários

CRISE: Cidade do Recôncavo demite 60 funcionários

14 de novembro de 2017 \\ Geral

A prefeitura de São Gonçalo dos Campos, a 115 quilômetros de Salvador, demitiu cerca de 60 funcionários e reduziu salários de servidores comissionados em 15% nos últimos três meses. A administração municipal alega queda na arrecadação como o motivo das decisões.

Segundo a Secretaria de Planejamento do município, atualmente existem 989 servidores municipais ativos em São Gonçalo dos Campos, cidade que possui 33 mil habitantes.

O prefeito Carlos Germano explica que a arrecadação caiu por dois motivos: a redução dos repasses do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental (Fundef) e a retenção de verbas do INSS, que ocorreram em dois meses de 2017.

“Uma no mês de março e outra agora em agosto, chegando em torno de 1,3 milhão. Tudo isso prejudica a nossa gestão”, afirma o prefeito, que ainda cita o parcelamento de uma dívida de cerca de R$ 60 milhões que a prefeitura vinha acumulando ao longos das gestões anteriores.

Mesmo com as demissões e reduções nos salários, o prefeito Carlos Germano diz que não tem certeza se vai conseguir fechar a folha de pagamento do fim do ano sem ficar no vermelho. Com informações do G1.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE