• PMFS: Testes rápidos de Leishmaniose a partir desta sexta nas policlínicas

PMFS: Testes rápidos de Leishmaniose a partir desta sexta nas policlínicas

16 de março de 2018 \\ Geral

As policlínicas da Rede Municipal de Saúde estarão abastecidas a partir desta sexta-feira, 16, para a realização de testes rápidos de leishmaniose. A informação é da referência técnica, Thaís Peixoto.

Para uma melhor assistência à população, os técnicos de laboratório das sete policlínicas e da Unidade de Pronto Atendimento da Mangabeira, juntamente com os profissionais do Hospital Estadual da Criança e do Hospital Geral Clériston Andrade participaram de um treinamento nesta quinta-feira, 15, para o manuseamento dos testes.

A seguridade do teste é de 99,9%

“Os testes servirão como uma triagem e em caso de positivo o paciente é notificado. Uma amostra do sangue dele será encaminhado para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) em Salvador e em uma semana ele receberá o resultado” afirma Thaís Peixoto (foto) completando que “a seguridade do teste rápido é de 99,9%. Em casos iniciais o tratamento é na policlínica, já os mais graves são transferidos para os hospitais”.

É possível identificar o período de contágio

Segundo o bioquímico, Antônio Mário (foto), o resultado é obtido em 15 minutos. Ele ainda ressalta que o teste identifica também o período de contágio. “O teste possui duas fitas, a G indica que o paciente está infectado há meses, já a M indica que o contágio foi recente”, explica.

Os testes serão realizados nos pacientes com sintomas compatíveis a doença. “Se o paciente possuir os sintomas de febre imune a remédios e persistente por mais de sete dias, sangramento e barriga d’água, o indicado é realizar o teste”, informa Thaís Peixoto, ressaltando que as crianças apresentam os sintomas mais rápido do que os adultos”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE