• FEIRA DE SANTANA: CMDI comemora 15 anos com mutirão de exames

FEIRA DE SANTANA: CMDI comemora 15 anos com mutirão de exames

19 de março de 2018 \\ Geral

“Neste sábado, em que o CMDI completa 15 anos, nós escolhemos comemorar trabalhando, servindo”. As palavras são de Raimundo Melo, diretor do Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem, equipamento da Fundação Hospitalar de Feira de Santana, no mutirão de saúde realizado no local na manhã do dia 17, ainda em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. O evento também foi realizado no sábado passado e atendeu cerca de 300 mulheres em cada dia.

Melhor lugar para fazer exames, afirma paciente

E o trabalho feito com dedicação marca vidas. Foi assim com Maria de Fátima Sena (foto), 75, ao longo de todos esses anos. “Sou atendida aqui desde o começo do Centro e digo que é o melhor lugar para fazer exames. Eu descobri meu problema na tireóide aqui. Sempre que eu venho, sou muito bem atendida, além de que a entrega dos diagnósticos é rápida”, afirma dona Maria.

Todos os exames que dona Maria realizou até hoje no CMDI foram apenas uma pequena parte dos quase 1,1 milhão realizados desde 2004 até 2017, com destaque para ultra-sonografias, que atingem a marca de 657.757 no mesmo período. Além destes, são realizados exames de raio-x, mamografia, densitometria óssea, eletrocardiogramas, punção de mama e consulta médica mastologista.

Funcionária acompanhou os avanços da instiuição

Katya Rejane (foto), que trabalha no administrativo do Centro e está lá desde sua fundação, é testemunha dos avanços que a instituição apresentou. “No início eram somente cerca de 1000 atendimentos mensais. Hoje em dia, nós conseguimos ofertar ao usuário do SUS, muito mais tipos de ultrassons, por exemplo, com mais qualidade. Também prestamos o atendimento em urgências em apoio às policlínicas e ao Hospital da Mulher”, destaca.

Em breve, uma nova sede do CMDI estará disponível para comunidade

A presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas (foto), destaca a construção em andamento de outra sede do CMDI para proporcionar melhores condições de atendimento, diante da média de 150-200 diários. “Hoje sentimos essa necessidade de uma sede bem mais ampla, onde poderemos oferecer um serviço mais humanizado. Seguimos cada vez mais com o treinamento da equipe e modernizando a unidade”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE