• CMFS: “A celeuma da regulação continua”, critica Lulinha sobre a saúde de alta complexidade

CMFS: “A celeuma da regulação continua”, critica Lulinha sobre a saúde de alta complexidade

07 de maio de 2018 \\ Geral

Lamentando o falecimento de gestantes nos municípios de Cruz das Almas e Biritinga, no interior da Bahia, em virtude da falta de leitos em maternidades de alta complexidade no Estado, o vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus, o Lulinha (DEM), voltou a criticar o Sistema de Regulação do estado. O edil assegurou que o Governo Municipal cumpre com sua obrigação garantindo atendimento à população nas policlínicas e Unidas de Pronto Atendimento (UPAs), mas o Governo do estado deixa a desejar.

“A celeuma da regulação continua e as pessoas estão morrendo por não conseguirem a regulação para as unidades especializadas. As gestantes morreram em Biritinga e Cruz das Almas porque não conseguiram transferência em virtude da falta de leitos nas maternidades de alta complexidade. O Município tem as UPAs e as policlínicas, mas o Estado não cumpre com sua obrigação e compromete a vida do povo”, pontuou.

O líder governista também cobrou o cumprimento da promessa do governador do Estado, bem como investimento para as demais áreas da administração pública, como segurança pública e educação. Lulinha criticou os planos do governo estadual de acabar com os contratos com os vigilantes. “Precisamos de mudança e já temos um nome sério e forte para isso: José Ronaldo de Carvalho”, finalizou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE