• PMFS: Casamento coletivo concretiza sonho de 81 casais em Humildes

PMFS: Casamento coletivo concretiza sonho de 81 casais em Humildes

19 de maio de 2018 \\ Geral

Com a troca do “sim”, 81 casais do distrito de Humildes concretizaram o sonho da união matrimonial. A iniciativa do primeiro casamento coletivo na localidade, promovida pelo Governo Municipal através do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), mobilizou toda a comunidade, nesta sexta-feira, 18.

Oficial registrador do Cartório de Humildes, órgão parceiro na realização do programa Família Cidadã no distrito, Luciano Martins, ressalta a importância da iniciativa. “É um marco no distrito. Surgiu do próprio anseio da população. Foram 48 associações  mais a comunidade unida, em bloco, fazendo salgados, bolos, penteados, numa clara sensação de pertencimento do povo ao lugar”, frisou.

Oportunidade para quem não tem condições

O chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Social, Carlos Leão, enfatizou a abrangência do programa social. “É uma oportunidade para quem não tem condições financeiras para oficializar a união matrimonial, sem nenhuma custa”.

De acordo com a coordenadora do CRAS de Humildes, Terezinha Nascimento, a promoção do projeto no distrito ganhou força na comunidade. “Todos abraçaram a iniciativa, correndo para ajudar no que puderam. E o resultado foi esse, concretizando o sonho e a necessidade dos casais se unirem oficialmente, o que significa a garantia de direitos”.

Jovem casal revela momento de felicidade

Para os casais, o momento foi de muita felicidade. Dentre eles, Romário Ribeiro Porto, 24 anos, e Rita Lee Lima Porto, 22 anos, que há três anos convivem juntos. “Era um sonho nosso. E esperamos muito tempo”, afirmou o noivo, enquanto a noiva revelou que o casal estava agarrando com toda força a oportunidade.

Nova vida para o casal

Outro casal que oficializou o casamento foi Juracy de Jesus Reis, separado e de 52 anos, de Alagoinhas, e Maria de Fátima Bezerra, viúva de 54 anos, ambos lavradores. “Agora é momento de vida nova, de felicidade e de realização de um sonho que sempre quis”, afirmou o noivo, enquanto ela considera a união matrimonial “uma dádiva de Deus para o resto da vida”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE