• PMFS:   Controlar respiração ajuda profissionais que tratam de saúde mental

PMFS: Controlar respiração ajuda profissionais que tratam de saúde mental

08 de junho de 2018 \\ Geral

O controle da respiração é uma forma de acalmar o organismo diante de uma situação provocada por sentimentos de raiva, ansiedade ou estresse. Esse foi um dos ensinamentos proporcionados na roda de conversa com troca de experiências, mediada pela psicóloga Aline Rios e voltada a trabalhar as emoções dos profissionais que atuam no atendimento à saúde mental.

O evento foi realizado no Centro de Atenção Psicossocial João Carlos Lopes Cavalcante (CAPS III), na quarta-feira, 6. O encontro trabalhou o tema afetos, emoções e sentimentos, com base na vivência dos profissionais.

Segundo Aline Rios (foto), o controle da respiração é fundamental em determinadas situações. “A ideia de fazer a respiração diafragmática é conseguir respirar de uma forma mais completa, de maneira mais lenta. Assim você respira menos vezes, enche os pulmões, conseguindo suprir a quantidade de oxigênio que o corpo precisa naquele momento. Isso permite que você acalme o organismo”, ressalta.

“Antes de agir, tem que parar e pensar”

Para a técnica de enfermagem da unidade, Jacira Oliveira (foto), o encontro possibilitou alguns aprendizados. “Aprendi aqui hoje como demonstrar as minhas emoções diante de algumas situações que estou vivenciando. Hoje eu sei que antes de agir conforme meus sentimentos, eu devo parar e pensar”, relata.

Este foi o segundo encontro realizado com os profissionais da unidade, a ideia da coordenação do CAPS é trabalhar mensalmente com temas voltados ao cuidado destas pessoas que lidam diretamente com a saúde mental de diversos pacientes. “O profissional precisa saber lidar com as emoções para poder fazer uma intervenção de forma mais cuidadosa com o paciente, tendo um olhar sensibilizado e diferenciado”, enfatiza a coordenadora Renata Bittencourt (foto).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE