• Economia é a palavra de ordem do prefeito Colbert

Economia é a palavra de ordem do prefeito Colbert

07 de agosto de 2018 \\ Geral

Diante das dificuldades para conseguir liberação de recursos federais no conturbado cenário político que antecede as eleições 2018, o prefeito Colbert Martins tenta economizar nos mínimos detalhes. O objetivo, segundo ele, é desenvolver ações básicas em Feira de Santana, a exemplo da recuperação de vias esburacadas. Foi publicado recentemente no Diário Oficial do Município decreto 10.796/2018 sobre medidas de contenção de gastos. Procurado pelo Acorda Cidade para falar que economias são essas, Colbert ressaltou que abrange desde limitação de diárias e de horas extras de funcionários, gratificações de forma geral, uso compartilhado de veículos pelas secretarias, redução de gastos de combustível, controle de uso de telefone e até mesmo impressão de ofícios dupla face, e não apenas em um lado da folha, como é de costume. “Economicamente o país está em crise e temos que nos adequar. Vamos ter gastos maiores em relação a compra de asfalto, para recuperação do piso da cidade e da zona rural, vamos ter que fazer contratações , então começamos a conter gastos desnecessários”, explicou. O valor médio da economia ainda será calculado por um grupo de gestão, que também está fiscalizando o cumprimento das medidas. Paralelo a isso, a tentativa é de desenvolver uma consciência coletiva nos funcionários sobre a necessidade de contenção. “São várias ações, que estamos tentando demonstrar a importância e necessidade de economia, para poder fazer face a outras despesas”, reforçou. (Orisa Gomes)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE