• CMFS: Zé Filé justifica voto contrário ao empréstimo

CMFS: Zé Filé justifica voto contrário ao empréstimo

22 de outubro de 2018 \\ Geral

No uso da tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta segunda-feira (22), o vereador Zé Filé (PROS) voltou a criticar o empréstimo de R$ 130 milhões solicitado pela Prefeitura Municipal e aprovado pela Casa na última quarta-feira (17). Na oportunidade, o edil apresentou justificativas para o voto contrário.

“Quando eu me opus ao empréstimo, o líder do Governo me acusou de ser contra o desenvolvimento de Feira de Santa. Isso não passa de uma mentira deslavada. Votei contra porque não achei correto contrair mais uma dívida alta. Já fizemos empréstimos para fazer o BRT e o Shopping Popular e não vimos o resultado. Na votação para o outro empréstimo, o colega vereador Edvaldo Lima (PP) era oposição e foi bem sensato ao votar contra. Hoje, ele faz parte do Governo Municipal. Devo confessar que fiquei surpreso em vê-lo concordando em assumir uma dívida tão alta”, justificou.

Em a parte, o vereador Edvaldo Lima (PP) afirmou que considera necessária uma reforma no centro da cidade, por isso, votou a favor do empréstimo. “Estamos com um novo prefeito, com outras necessidades. Nossa cidade precisa de cuidados. Essa dívida foi bem pensada e avaliada. Estamos sendo sensatos”, explicou.

De volta com a palavra, o vereador do PROS questionou mais uma vez a taxa que será cobrada dos comerciantes no Shopping Popular. “Estão apostando as fichas neste Shopping Popular, mas eu, particularmente, me pergunto se será proveitoso para os comerciantes. Eles continuarão lá mesmo sendo obrigados a pagar taxa para poder trabalhar?”, finalizou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE