• Reunião em Salvador discute vigilância sanitária do frango em pé na Bahia

Reunião em Salvador discute vigilância sanitária do frango em pé na Bahia

06 de março de 2019 \\ Geral

Nesta segunda-feira (25/02) pela manhã, em Salvador, junto ao deputado estadual Robinson Almeida, o deputado federal Zé Neto (PT-BA) participou de uma importante reunião para discutir a integração de ações para regularização e melhorias na qualidade sanitária do frango na Bahia, com o secretário de Desenvolvimento Rural (SDR) em exercício Jeandro Ribeiro e Josias Gomes, que em breve assumirá a Pasta; o diretor da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) Wilson Dias; o deputado estadual Osni Cardoso; dr. Olímpio Coelho, do Ministério Público; com representações do Ministério da Agricultura, por meio da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Bahia (SFA-BA), da Associação Baiana dos Pequenos Abatedouros de Aves (ABAPA), da Associação de Abatedouros da Bahia (ABA), da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), da Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (FAEPE), da Federação dos Consórcios Públicos da Bahia (FECBahia) e da União dos Municípios da Bahia (UPB). 

"Debatemos sobre novas ações a serem tomadas em decorrência do encerramento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), conhecido como TAC do Frango em Pé, que ficou em vigor por quatro anos e trouxe elementos e parâmetros para que na Bahia pudéssemos ter uma vigilância sanitária adequada para a venda de frangos vivos em abatedouros. Uma parte desse trabalho deu resultado, tanto é que se ampliou e muito a inspeção e regularização dos fornecedores de frango no Estado, mas na outra ponta ainda é preciso fazer com que tenhamos esse mesmo desenvolvimento na parte dos abatedouros. Inclusive, estava presente o presidente da ABAPA, Gideon de Almeida, que trouxe muitos subsídios que vão servir na prática para o desenvolvimento de novas ações que estão sendo propostas, principalmente pela SDR, junto à CAR, que envolve um ator novo nesse contexto, os Consórcios que já vinham trabalhando na organização do Sistema de Inspeção Municipal (SIM) e agora, com foco na avicultura, junto ao Ministério da Agricultura, a ADAB, empresas e associações da cadeia produtiva, com certeza vamos conseguir resultados muito mais efetivos, ampliando a regularização sanitária na área de frango do nosso Estado", explicou Zé Neto.

Quatro regiões vão ser trabalhadas para organização do SIM, inicialmente, com foco na regularização sanitária através dos Consórcios: Sisal, Portal do Sertão, Recôncavo e Sudoeste, envolvendo prefeitos, secretários, Consórcios e convênios. "Daqui até abril teremos reuniões nessas regiões e ao final faremos uma avaliação para apontarmos novos caminhos. Saio muito feliz de uma reunião onde estamos vendo cumplicidade e intenção de dar à Bahia o que há de melhor do ponto de vista sanitário", finalizou Zé Neto.

Fonte: Ascom

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE