• Jovens dedicam tempo para “adotar” pessoas em vulnerabilidade

Jovens dedicam tempo para “adotar” pessoas em vulnerabilidade

13 de março de 2019 \\ Geral

Segundo pesquisa da ONG Visão Mundial, 70 mil crianças vivem em situação de rua em todo o Brasil. O número é maior entre os adultos: mais de 100 mil em todo o país. Nos últimos dez anos, a população carcerária quase dobrou e chegou a 720 mil presos. O Brasil possui quase 500 mil leitos em hospitais, que recebem pessoas em situações de muita fragilidade. Dados como estes apontam para pessoas que precisam de atenção. Por isso, a juventude da Igreja Adventista do Sétimo dia irá “adotar” pessoas que precisam de ajuda. A ação ocorre em comemoração ao Dia Mundial do Jovem Adventista, em inglês Global Youth Day, e, no dia 16 de março, deverá envolver cerca de 800 mil pessoas só na América do Sul. Os jovens são encorajados a mudar o dia e a vida de pessoas em situação de rua, presidiários, idosos, animais sem dono, praças abandonadas, entre outras situações com grupos que apresentam maior vulnerabilidade social. Eles irão atuar por meio de ações de bondade e transformação, que irão impactar as redes sociais nas hashtags #GYD19 ou #DiaMundialJA. Segundo o líder dos jovens adventistas na América do Sul, Carlos Campitelli, o objetivo é que o dia especial seja apenas o começo e uma relação de carinho e ajuda contínua. “Queremos que os jovens adotem com o coração e tenham a oportunidade de serem úteis durante o ano todo, o quanto for preciso”, incentiva Campitelli. A Faculdade Adventista da Bahia, localizada em Cachoeira em parceria com os diferentes setores, escolheu o aniversário de Cachoeira para fazer o bem na cidade! Neste dia 13 (quarta-feira) estaremos impactando a cidade em algumas áreas. Faculdade Adventista da Bahia Assessoria Foto: Reprodução

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE