• Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da ALBA visita barragens RS1 e RS2 em Camaçari

Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da ALBA visita barragens RS1 e RS2 em Camaçari

18 de março de 2019 \\ Geral

O presidente da Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Estadual José de Arimateia (PRB-BA) visitou na manhã desta quinta-feira (14), às barragens RS1 e RS2, localizadas em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS), ambas com a finalidade de garantir o abastecimento de água para a brigada de combate a incêndio do Polo de Camaçari. Além do republicano participaram outros três parlamentares envolvidos com o Colegiado, Maria del Carmen (PT), Niltinho (PP), Aderbal Caldas (PP). Todos eles foram recepcionados pelo presidente da Cetrel, Luís Mário Chaves e sua diretoria.


Após a apresentação de um vídeo institucional de segurança da Cetrel, os deputados caminharam pelas duas barragens e ouviram diversos técnicos e autoridades de instituições do segmento ambiental. No final do percurso, a Comissão do Meio Ambiente não detectou riscos, especialmente pelas medidas de controle, com destaque para a robusta capacidade de bombeamento para o lançamento dessas águas na calha de drenagem natural, tendo a opção de usar sistema elétrico ou a diesel, aliado ao constante monitoramento.


O deputado Arimateia lembrou que em 2017, a Cetrel classificou as barragens RS1 e RS2 em estado de alerta em função de afundamento, buracos, formigueiros e árvores no coroamento, mas segundo o órgão, grande parte desses problemas já foram solucionados. “Hoje começamos a nossa vistoria pelas barragens da Bahia com o objetivo de proteger toda a população contra estragos incalculáveis de vida e do meio ambiente. Diante dos esclarecimentos e provas técnicas, a população baiana, especialmente a de Camaçari, pode ficar tranquila quanto as barragens mensuradas. Continuaremos exercendo com empenho a nossa função de também fiscalizar”, disse Arimateia, informando que em 2019, serão investidos R$ 1 milhão e 800 mil reais nas barragens.

Ascom / Deputado José de Arimateia 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE