• SALVADOR: TAXISTAS X UBER

SALVADOR: TAXISTAS X UBER

21 de março de 2019 \\ Geral

O clima foi acirrado em frente a praça municipal e nos corredores da Câmara de Vereadores de Salvador, na tarde de quarta-feira (20/03/19). Representantes das associações de sindicatos dos taxistas e Representantes das associações, sindicato  e cooperativa de motoristas de aplicativos se enfrentaram e bateram boca após suspensão da reunião na Comissão de Constituição e Justiça que votaria o parecer do projeto PL.258 de regulamentação de transporte por aplicativos nesta tarde.

A PL visa reduzir para apenas 7.200 o numero de veículos rodando por aplicativo na capital. Este é o sonho dos taxistas que reclama de estarem perdendo corridas por causa da concorrência.

Representantes da categoria de Motoristas por aplicativos recorrem e prometem não permitir que esta lei seja aprovada em plenário. "Isso seria uma falta de respeito com o pai e mãe de família que tira seu sustento fazendo este tipo de trabalho." - Afirma Raimundo Filho, presidente COOPMAPS.

Átila Congo, representante dos aplicativos, e João Adorno, dos taxistas discutiram sobre o número de veículos por aplicativo que estão circulando pela cidade. Os taxistas alegam que não haverá demanda para tantos "uberistas" e taxistas se a prefeitura não limitar o número.

João Adorno chegou a acusar que Átila Santana dirigia sem CNH. Átila em revide retirou sua CNH da carteira e ddeclarou: "Ta aqui a minha. Agora mostre a sua." - Ao qual ficou sem resposta após a provocação de Adorno.

"Todos nós temos que ter o dinheiro de trabalha e levar o pão pra casa o grande problema e que os taxistas estavam acostumamos a não ter concorrência e tratavam mal os usuários que pagavam caro por um serviço, escolhendo em determinados horários se levava ou não o passageiro. E ainda muitos passageiros eram mal tratados por alguns..." - Declarou André Luiz







PUBLICIDADE
PUBLICIDADE