• Operação contra fraude em SP cumpre mandados de busca e apreensão em Camaçari

Operação contra fraude em SP cumpre mandados de busca e apreensão em Camaçari

20 de março de 2019 \\ Municípios

Uma operação contra fraudes e corrupção no transporte público de Rio Claro, no interior paulista, cumpriu nesta terça-feira (19) três mandados de busca e apreensão em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A ação faz parte da “Operação Passe Livre” dos Ministérios Públicos de São Paulo e da Bahia e é conduzida pelos Grupos de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaecos).

Conforme a investigação, os casos, que incluem lavagem de dinheiro, teriam ocorrido entre 2013 e 2016. Tiveram prisão preventiva decretada: João Carlos Kenji Chinen, sócio-proprietário da empresa Rápido São Paulo Transportes, com a qual o Município de Rio Claro mantinha os contratos, e Fábio Luiz Queiroz, operador financeiro do empresário.

Ainda segundo o MP-BA, os contratos renovados visavam, por exemplo, à concessão de vale-transporte para deficientes físicos para idosos e para servidores públicos municipais. Mediante uso de certidões falsas, a empresa renovou contratos que lhe permitiram receber dos cofres públicos municipais mais de 15 milhões de reais. Outros dez mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos municípios de Rio Claro, Sumaré e na capital paulista.

BN

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE