• Outubro começa com três homicídios em Feira; entre as vítimas pai e filho

Outubro começa com três homicídios em Feira; entre as vítimas pai e filho

02 de outubro de 2017 \\ Polícia

O mês de outubro começou com o registro de três assassinatos em Feira de Santana. Dois destes crimes ocorreram na madrugada desta segunda-feira (2). O outro foi registrado na noite de domingo (1) em um posto de gasolina.

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

De acordo com o delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios, Everton Patrick Pereira de Cerqueira,30 anos, foi morto a facadas em um posto de gasolina, na Avenida Getúlio Vargas, bairro Capuchinhos, após uma discursão com Cezar Henrique Barbosa dos Santos, que foi preso após o crime.

Cezar Henrique foi preso por policiais militares que passavam perto do local e foram acionados por populares no momento em que o acusado tentava fugir com a faca na mão. Ele confessou o crime e disse que não conhecia a vítima. Aparentando estar sob efeito de drogas ou com quadro de esquizofrenia, Cezar contou aos policiais que estava sendo perseguido por pessoas do bairro e que teria cismado com a vítima ao encontrá-la no local.

Houve uma discursão e Everton foi ferido com duas facadas nas costas e uma na mão. Everton ainda foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu. Ele morava no bairro Caseb.

Duplo homicídio

Por volta de 1h30 da madrugada desta segunda-feira, Marcel de Castro Fernandes, o Piu, 36 anos, teve a casa invadida por homens que o mataram com vários tiros e também atiraram no pai dele, Wilson Fernandes de Souza, de 63 anos, que morreu no HGCA por volta das 5h de hoje após passar por uma cirurgia. O idoso foi baleado por tentar impedir a passagem dos matadores que estavam a procura do filho dele. 

O filho foi baleado em um dos quartos da casa, localizada na Rua João Vital, no bairro Baraúnas. Os tiros atingiram a cabeça, braços, tórax e barriga. Segundo o delegado Gustavo Coutinho, Marcel possuía várias passagens pela delegacia por envolvimento com o tráfico de drogas.

“Familiares informaram que a residência teve o portão aberto por homens armados que primeiramente arrombaram a porta de um dos quartos e encontraram o irmão da vítima, mas pouparam, tendo em seguida arrombado a porta da cozinha e se depararam como pai da vítima, tendo atirado no peito do mesmo para permitir a passagem e continuar vasculhando a residência à procura de Marcel, que foi encontrado em seu quarto. Marcel ainda tentou fechar a porta, mas foi atingido por diversos disparos de calibre ponto 40 e morreu no local”, relatou o delegado.

Os levantamentos cadavéricos foram efetuados pelo Delegado Gustavo Coutinho.

Fonte: Acorda Cidade

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE