• DRFR prende acusado de matar taxista de Feira de Santana em Antônio Cardoso

DRFR prende acusado de matar taxista de Feira de Santana em Antônio Cardoso

12 de janeiro de 2018 \\ Polícia

Policiais Civis da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) prenderam na tarde desta quinta-feira (11), Luís Carlos Costa Sacramento, 25 anos, acusado de matar o taxista de Feira de Santana Pascoal Dias dos Santos, 69 anos.

O idoso foi encontrado morto na cidade de Antônio Cardoso, e teve o veículo totalmente carbonizado. O acusado reside na Rua Lençóis, no bairro Jardim Cruzeiro, em Feira.

Segundo o delegado André Ribeiro, titular da DRFR, inicialmente o irmão do Luís Carlos era suspeito do crime, a partir daí, durante as investigações, os policiais chegaram até o autor.

Delegado André Ribeiro (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)

"Ele alegou que a vítima havia o dedurado a polícia, em virtude de um roubo que ele havia cometido, então por isso ele levou a vítima até a cidade de Antônio Cardoso, e afirma que deu uma gravata, quebrou o pescoço da vítima, mas pelo que diz o perito médico legal, ele foi morto com instrumento contundente", disse o delegado informando que apesar de ele alegar que uma mulher participou do crime, a polícia acredita que ele agiu sozinho.

"Na verdade ele não mantém uma linha, ele diz que ouviu uma voz dizendo que era para ele pegar o taxista e matar. Então, se ele estiver tentando ludibriar a polícia e gozando de suas faculdades mentais, ele sabia onde o taxista ficava e agiu predeterminado a cometer o crime”, disse.

O acusado confessou o assassinato e reforçou que ouviu vozes o mandando matar o taxista. “A voz fala comigo na mente, e eu fico escutando. Vi um bocado de coisa dentro do carro, o que tenho para falar é isso aí,” disse Luís Carlos. O acusado contou que não tinha contato com a vítima.


Fonte: Acorda Cidade 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE