• Secretaria de Saúde recebe novas doses da BCG e mantém esquema de vacinação

Secretaria de Saúde recebe novas doses da BCG e mantém esquema de vacinação

15 de janeiro de 2017 \\ Saúde

A Secretaria de Saúde de Feira de Santana recebeu, na última sexta-feira (13), mais mil doses da vacina BGC, que deve ser aplicada em recém-nascidos para protegê-los contra a tuberculose. Mesmo assim, a quantidade enviada pelo NRS (Núcleo Regional de Saúde, antiga 2ª Dires) está muito aquém dos repasses anteriores, que passavam de três mil doses.

A quantidade de vacina, na opinião da chefe da Vigilância Epidemiológica, Francisca Lúcia Oliveira, ameniza, mas não resolve, o problema da falta do imunizante no município, que registra alta demanda do produto.

Para que a vacina seja totalmente aproveitada, a Viep determinou a regionalização da sua aplicação. “Cada frasco tem dez doses, que devem ser aplicadas no prazo de seis horas, a partir da primeira”, disse.

O imunizante está à disposição nas UBSs do Cassa (às segundas e quartas-feiras), no Caseb (às quartas e sextas-feiras), Rua Nova (às terças e quintas-feiras), Serraria Brasil (terças e quintas-feiras) e na Mangabeira (segundas e sextas-feiras).

A causa que levou ao desabastecimento, disse, foi informada pelo Ministério da Saúde. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Epidemiológica) determinou a suspensão da fabricação do imunizante.

A vacina era produzida pelo Instituto Ataulpho Paiva, no Rio de Janeiro. “O Ministério da Saúde está tentando comprar o produto no mercado internacional”, explica Francisca Lúcia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE