• Feira de Santana evolui e apresenta gestão de excelência no Índice Firjan

Feira de Santana evolui e apresenta gestão de excelência no Índice Firjan

02 de novembro de 2019 \\ Geral

Feira de Santana tem gestão de excelência, de acordo com o Índice Firjan de Gestão Fiscal, que elabora o mapeamento das situações e desempenhos financeiros dos municípios, anual e nacionalmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, um dos mais respeitados do país, divulgado nesta quinta-feira, 31.


Os municípios baianos que melhores ranquearam na edição deste ano são Salvador, Candeias – localizada na Região Metropolitana de Salvador, Barrocas – que fica na Região Sisaleira, e Feira de Santana, com níveis superiores a 0,8 ponto.


São três as áreas observadas e que tem seus números analisados: emprego e renda, educação e saúde. As informações são analisadas exclusivamente em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. As notas variam de 0 a 1 – quanto mais se aproxima de um, melhor o desempenho.


“Passar a barreira dos 0,8 ponto é um avanço significativo para Feira de Santana, visto que há quatro anos não chegávamos a 0,7 ponto”, afirmou o prefeito Colbert Filho. “É um reconhecimento que não apenas nos deixa orgulhoso, mas nos estimula a manter o ritmo de trabalho bem como nos mantermos atentos à gestão fiscal”.


Diferentemente deste ano, na edição passada do ranking, Feira de Santana apresentou índices moderados, de acordo com a Firjan. Os números divulgados são relativos a 2018, e apontam que o município evoluiu no seu equilíbrio fiscal.


O prefeito Colbert Martins Filho observa ainda que os números mostram com exatidão, o empenho e o desempenho da administração municipal, no tocante às áreas analisadas. “A geração de emprego está positiva e investimos nas áreas da saúde e educação com valores acima do determinado por lei. Estamos crescendo e vamos continuar neste ritmo”.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE