• Governo do Estado dá início às atividades do Plantão Integrado de Proteção

Governo do Estado dá início às atividades do Plantão Integrado de Proteção

20 de fevereiro de 2020 \\ Geral

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) deu início, nesta quinta-feira (20), às atividades do Plantão Integrado de Proteção no Carnaval de Salvador, iniciativa de combate às violações de direitos contra crianças e adolescentes, entre outras violações de direitos humanos, durante a festa.

O Plantão, composto por órgãos públicos e entidades do Sistema de Garantia de Direitos, tem a finalidade de combater o trabalho infantil e a exploração sexual e garantir a proteção integral do público infanto-juvenil. A iniciativa conjunta funcionará na sede do Procon-BA, localizada na Rua Carlos Gomes, nº 746, no Centro de Salvador, até o último dia oficial da folia, na terça-feira (25), das 9h às 3h da madrugada, por meio do acompanhamento de casos, orientação e procedimento das equipes multidisciplinares, que também circularão pelos espaços da festa.

“Garantir um carnaval de respeito aos direitos de crianças e adolescentes, pessoas com deficiência, idosos e LGBTs continua sendo, em 2020, a meta do Governo do Estado, através da SJDHDS. Precisamos dizer não, de forma enfática, às violações mais terríveis que roubam nossa infância e juventude. Para isso é que nossas equipes volantes estarão mais uma vez atuando para garantir um carnaval alegre e de direitos”, afirmou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins. 

Em mais um ano, a campanha 'O Trabalho Infantil e a Exploração Sexual não aparecem como esta campanha' será destaque na atuação da SJDHDS por um carnaval sem violações de direitos. Ressignificada em 2018, a iniciativa ganhou uma nova mensagem e cores fortes para alertar a população sobre a necessidade de denunciar às autoridades situações de trabalho infantil e violência sexual contra crianças e adolescentes.

Assim como no ano passado, a ação de conscientização da secretaria neste ano começou antes mesmo do início do carnaval. Diversas atividades foram realizadas em bairros populares de Salvador e em locais de grande fluxo de pessoas, como aeroporto e rodoviária, ampliando o alcance da campanha para diferentes públicos.

No local também funciona o Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, serviço de enfrentamento ao racismo da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). “Estamos bastante entusiasmados com essas ações integradas, uma frente social de proteção à criança e ao adolescente e também de promoção da igualdade racial, de proteção à mulher e tantos outros públicos prioritários”, disse a secretária da Sepromi, Fabya Reis.  

Também marcaram presença na abertura do Plantão Integrado a secretária Julieta Palmeira, da Secretaria de Política para Mulheres; Waldemar Oliveira, representante do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca); assim como representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público do Estado (MPBA) e Defensoria Pública do Estado (DPE). 

Composição

Além do Governo do Estado, o Plantão tem a participação do MPT, MPBA, DPE, Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), Delegacia Especial de Repressão aos Crimes contra Criança e o Adolescente (Dercca), Juizado da Infância e Adolescência, Prefeitura Municipal de Salvador, Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan (Cedeca), Conselhos Tutelares, Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (CECA-BA) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Fonte: Ascom/SJDHDS

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE