• Alertas de Desastres serão enviados durante a programação da TV a cabo

Alertas de Desastres serão enviados durante a programação da TV a cabo

20 de março de 2020 \\ Geral

São as águas de Março fechando o verão, mas também derrubando encostas e criando dor de cabeça para muitos brasileiro. Fique atento aos alertas de desastres.


Você sabia que agora os alertas de desastres também serão emitidos durante a programação da TV a cabo? Isso mesmo, este serviço já está valendo em todo o Brasil e os clientes não precisam se preocupar com nada, não é preciso ativar nem se cadastrar para receber os alertas. Agora as operadoras de TV por assinatura também fazem parte do sistema de Alertas de Desastres e será enviado alertas de desastres durante a sua programação.


Este serviço chegou para complementar os já conhecidos alertas via SMS enviados aos moradores das zonas de risco. O projeto de alertas de desastres por TV por assinatura é coordenado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em conjunto com as operadoras de TV por assinatura e os órgãos vinculados à Defesa Civil, representados pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad). O principal objetivo do projeto é auxiliar e complementar as ações dos órgãos de Defesa Civil na prevenção e mitigação dos impactos ocasionados por desastres naturais, alertando os cidadãos que estejam em localidades de risco.


A Defesa Civil tem a responsabilidade de avisar as operadoras de TV quando for necessário emitir um alerta e estas, por sua vez, tem a responsabilidade de emitir os avisos aos clientes dos planos de TV por assinatura. Os avisos aparecerão na tela do cliente de TV por assinatura como um pop-up (imagem sobreposta), durante 10 segundos, com a mensagem: “DEFESA CIVIL: agora os ALERTAS de RISCO estão na sua TV. Fique ligado!” e não se pode bloquear o recebimento desses alertas. Atualmente as operadoras participantes são Sky, Oi, Vivo, Claro (NET) e NossaTV.

Agora as operadoras de TV por assinatura também fazem  

Saiba mais sobre as informações dos serviços de TV a cabo e sobre os alertas de desastres clicando aqui.


Fonte: Podecomparar


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE