• CORONAVÍRUS: USO DE MOTOCICLETA E SERVIÇOS DELIVERY SÃO MAIS SEGUROS  NA PREVENÇÃO A PANDEMIA

CORONAVÍRUS: USO DE MOTOCICLETA E SERVIÇOS DELIVERY SÃO MAIS SEGUROS NA PREVENÇÃO A PANDEMIA

20 de março de 2020 \\ Geral

Com o início da transmissão local do Covid-19 em Feira de Santana e a provável redução da frota do transporte coletivo nos próximos dias na cidade, a população deve ficar atenta ao uso de veículos alternativos e optar pelo forma que tenha menos chance de contágio ao vírus. 


Segundo a OMS, o novo coronavírus se espalha principalmente pelo contato com uma pessoa infectada através de gotículas respiratórias geradas pela tosse ou espirro, que podem ser inaladas ou contaminar as mãos e as superfícies. Motoristas e passageiros de táxis, ônibus e carros de aplicativos estão mais sujeitos ao coronavírus. Ficar preso em uma pequena cabine facilita esse contágio. 


De acordo com Filipe Martins, idealizador do aplicativo motociclístico Giross, a procura por corridas de moto e serviços delivery teve um aumento significativo nos últimos dias. Ele acredita que isso ocorre devido a conscientização da população, haja vista que o risco de contágio em terminais de ônibus, onde há circulação de muitas pessoas e em carros, por ser ambiente fechado, facilita a transmissão da doença. 


Ele ainda explica as medidas que estão sendo adotadas como precaução para proteger tanto os usuários do aplicativo quanto os motociclistas do coronavírus. 


“Estamos orientando os nossos profissionais de acordo com as recomendações dos órgãos de saúde competentes. Para auxiliar os usuários da plataforma, além da distribuição de toucas higiênica, máscaras e a recomendação de álcool em gel, também estamos divulgando em nosso site e redes sociais orientações para motoristas, parceiros e passageiros sobre o que fazer, quais os sintomas, onde buscar ajuda e outras informações com foco na prevenção”, afirma. 


Até o momento, a cidade registrou cinco casos da doença, enquanto, ao todo, a Bahia soma nove infectados. Na última sexta-feira (13), a prefeitura de Feira decretou estado de emergência, dois dias após a Organização Mundial de Saúde declarar pandemia mundial do novo coronavírus.



Por Carina Góes

Jornalismo/Assessoria de Comunicação e Imprensa

DRT 0005362/BA


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE