• José de Arimateia cobra explicação do Governo do Estado sobre saúde financeira da Bahia

José de Arimateia cobra explicação do Governo do Estado sobre saúde financeira da Bahia

13 de maio de 2020 \\ Geral

Em sessão remota nesta terça-feira, 12 de maio, o deputado estadual José de Arimateia (Republicanos) cobrou mais uma vez um posicionamento do Governo do Estado a respeito da saúde financeira da Bahia frente à situação de pandemia do coronavírus.

sessao-12-05-2020-3Motivado pelas notícias a respeito do investimento de R$ 49 milhões em respiradores pelo estado da Bahia, que não foram entregues, e pelo debate entre o governador Rui Costa (PT) e o Presidente da Câmara Brasil-China, Charles Andrew Tang, que nesta segunda-feira (11) afirmou ser fantasma a empresa que vendeu os aparelhos ao Governo, Arimateia pediu novamente para que o Secretário Estadual da Fazenda, Manoel Vitório, faça uma explanação na Assembleia Legislativa da Bahia para apresentar aos parlamentares como está a situação econômica do estado.

“Como oposição, nós não podemos ficar calados diante dessas notícias sem pedir explicação”, afirmou o deputado, enfatizando que a cobrança faz parte do processo político e não significa misturar divergências políticas com a situação de pandemia que estamos vivendo.

Nesta terça-feira (12), Rui Costa rebateu a afirmação do presidente da Câmara Brasil-China de que a empresa é fantasma e disse que o valor investido nos equipamentos será devolvido até o final de semana, sob garantia da própria empresa.

sessao-12-05-2020-2Ao requisitar pela terceira vez em sessões remotas da ALBA a apresentação das finanças públicas pelo Secretário da SEFAZ-BA, mesmo ciente do pronunciamento do Governador Rui Costa, o parlamentar salientou a importância de um pronunciamento por parte do Governo. “Quando pedimos uma explicação do Secretário da Fazenda a esta Casa, não estamos dizendo que o Governo é corrupto. Queremos apenas uma prestação de contas sobre as finanças do estado e isso é normal, faz parte do processo e precisa ser esclarecido à população”, finalizou José de Arimateia.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE