• Hospital da Mulher retoma cirurgias de mama que foram suspensas por causa da pandemia

Hospital da Mulher retoma cirurgias de mama que foram suspensas por causa da pandemia

17 de setembro de 2020 \\ Geral

As onze candidatas convocadas pela Fundação Hospitalar de Feira de Santana para a cirurgia de redução das mamas foram selecionadas no ano passado, no mutirão de gigantomastia (mamas gigantes). Contudo, devido a pandemia do coronavírus os procedimentos tiverem que ser suspensos. Elas estão sendo chamadas para atualização dos contatos.


São elas: Crispiniana Gomes da Silva; Maria Ana de Jesus, Maria das Graças Bisco de Oliveira, Maricelia Alves de Santana, Maria de Lurdes Suzarte, Maria Pereira da Silva, Liliane da Mota Carvalho, Railda Pereira Lima, Roseli de Santana Neri, Roselita Oliveira da Silva Santos e Olivia Silvia Ferreira.


“Estamos encontrando dificuldades para remarcar uma nova triagem e solicitar a documentação para marcar as cirurgias, porque algumas delas mudaram o número do telefone”, explica a diretora-presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas. 


As pré-aprovadas na segunda fase do processo devem comparecer nos dias 21 e 22 deste mês, na Fundação Hospitalar, rua da Barra, 705, bairro Jardim Cruzeiro, das 8h às 17h. 


Deverão apresentar comprovante de endereço recente, cartão do SUS, cópia do RG e informar telefone para contato. Também serão submetidas a nova avaliação pelo médico do Programa de Tratamento Cirúrgico, César Kelly. 


“Esse é um programa exclusivo e único no Brasil patrocinado pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Fundação Hospitalar”, afirma o cirurgião ressaltando que a cirurgia é exclusiva para pacientes de baixa renda e que residem em Feira de Santana. 


Além disso, devem ter idade superior a 18 anos, com mamas que pesem acima de 4 quilos e que já tenham tido filhos.  “Todos os exames clínicos e de laboratório devem estar normais, porque a cirurgia requer anestesia e regime de internação”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE