• Na disputa pela Prefeitura, Zé Neto recebe apoio histórico de Movimentos Sociais, Sindicais, Populares e da Juventude

Na disputa pela Prefeitura, Zé Neto recebe apoio histórico de Movimentos Sociais, Sindicais, Populares e da Juventude

15 de outubro de 2020 \\ Geral

Os Movimentos Sociais, Sindicais, Populares e da Juventude oficializaram na noite de ontem (13), apoio histórico a candidatura de Zé Neto à Prefeitura de Feira de Santana nestas eleições. O anúncio foi feito durante ato de lançamento do Comitê Sindical Popular e da Juventude, e contou com as presenças do candidato a vice-prefeito Roque Santos, do deputado estadual Robinson Almeida, dos presidentes municipais dos partidos que compõem a Coligação "A Mudança Que Feira Quer" (PT, PP, PDT, PCdoB e Avante) e candidatos a vereadores.


A aliança, segundo o líder da Juventude Socialista do PDT, Welber Morais, representa o sentimento dos jovens em participar ativamente da mudança por uma cidade melhor. “O nosso objetivo é inserir a juventude nas decisões da política municipal junto à Zé Neto, buscando o melhor para homens, mulheres, negros(as), LGBTQIA+ e todos aqueles(as) que se sentirem representados por nós".


O Diretor geral do Sindicato dos Petroleiros(as) da Bahia (Sindipetro), Deyvid Bacelar, também presente no ato, destacou que, pela primeira vez, com Zé Neto, Feira poderá ter um prefeito que dialoga com todas as classes. "Ao assinar a "Carta Compromisso" com os movimentos, Zé Neto assegura o cumprimento de 13 pautas das categorias visando o desenvolvimento da nossa cidade, que é tão desasistida pelo atual governo municipal", afirmou.


Ao agradecer o apoio histórico dos Movimentos, Zé Neto ressaltou que esse momento demostra a união do grupo em torno do projeto da Mudança que Feira Quer. “Eu sempre disse que o diálogo é o melhor caminho para construirmos uma cidade melhor. E nessa noite histórica, onde todos se unem em um só próposito, damos mais um passo importante na elaboração de políticas públicas que traduzam as necessidades do povo, incluindo os Movimentos Sociais, Populares, Sindicais e também nossa Juventude", reafirmou Zé Neto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE