• FEIRA DE SANTANA: Com a corda no pescoço: camelôs do Shopping Popular apelam para baixar taxas

FEIRA DE SANTANA: Com a corda no pescoço: camelôs do Shopping Popular apelam para baixar taxas

22 de janeiro de 2021 \\ Geral

“Nossas reivindicações são a redução do valor da taxa de aluguel e prorrogação do prazo de carência”. A solicitação parte de camelôs estabelecidos no Shopping Popular. Em nota enviada ao Protagonista, um grupo lança uma campanha nas redes sociais para abrir canal de negociação com a concessionária.
“Aqui não está pronto para atender a todos os público de consumidores. Ainda não possui fluxo suficiente para vendermos e ter renda para bancar as despesas”, diz a nota dos camelôs. Segundo eles, cinco meses após a abertura do shopping, a situação é de crise, com pouco faturamento e muitas despesas.
Ainda de acordo com a nota enviada ao blog, o valor atual da taxa é R$ 40 o metro quadrado, com um adicional de R$ 25 pelo acesso à internet. “Isso, para um box de 5 metros quadrados dá R$ 214 por mês”, argumentam os comerciantes.
A comissão de camelôs quer a intervenção da Prefeitura, para intermediar diálogo com o intransigente empresário Elias Tergilene. “Ele é arrogante e prepotente. Nos humilha e não é acessível para diálogo, que é o início dos grandes acertos”, protestam os camelôs. 

Fonte: O Protagonista 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE