• JOSÉ DE ARIMATEIA COBRA POSICIONAMENTO DO SECRETÁRIO FÁBIO VILAS BOAS

JOSÉ DE ARIMATEIA COBRA POSICIONAMENTO DO SECRETÁRIO FÁBIO VILAS BOAS

22 de janeiro de 2021 \\ Política

Diante do aumento de novos casos do Covid-19 no estado da Bahia, o deputado estadual José de Arimateia, cobrou um posicionamento do secretário estadual de saúde, Fábio Vilas Boas, sobre o suprimento de oxigênio na Bahia para atender as novas demandas hospitalares.

Para o deputado republicano, que também é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde e Institutos de Pesquisas Afins na Bahia da Assembleia Legislativa, o estado precisa estar preparado afim de evitar que situações de colapso aconteçam, da mesma forma que aconteceu na cidade Manaus e em outras cidades da região norte do país.

“Me preocupo que situações semelhantes as ocorridas em Manaus e diversas outras cidades do estado do Amazonas e do Pará, aconteçam em nosso estado, por isso, faço este questionamento ao secretário da pasta estadual de saúde” pontou José de Arimateia.

Dentre as perguntas contidas no ofício de número 001/2021 protocolado na ALBA, o parlamentar ressalta sua preocupação com a disponibilidade de oxigênio e quantitativo de metros cúbicos utilizados antes e durante a pandemia, além do uso nos períodos de pico do Covid-19.

“A Secretaria de Saúde do Estado está preparada para atender eventual demanda decorrente do aumento de números de casos do Corona Vírus, por conta das festas de final de ano, com suprimentos de oxigênio e outros insumos? Qual a quantidade de oxigênio que a SESAB tem a disposição para atender a demanda da Bahia? Qual a quantidade de metros cúbicos de oxigênio utilizado nos períodos de picos da pandemia?” questionou o edil.

José de Arimateia finalizou o documento expondo sua preocupação com o avanço da doença e disponibilizou o seu mandato à SESAB e ao Estado da Bahia.

“Coloco o meu mandato e a Frente Parlamentar que presido, a inteira disposição para ajudar a combater esse vírus nefasto, no que for necessário, em nosso estado.” Concluiu o edil.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE