• 'Zé Neto sobre Fundão: 'Não é hora de aumento e sim de cuidar dos mais pobres'

'Zé Neto sobre Fundão: 'Não é hora de aumento e sim de cuidar dos mais pobres'

22 de julho de 2021 \\ Política

Contrário a aprovação do Fundo Eleitoral de quase R$ 6 bilhões para 2022, o deputado federal Zé Neto (PT-BA), que votou junto com a Bancada do PT na Câmara, afirmou que “não é hora de aumento mas sim de cuidar dos mais pobres, principalmente, nessa pandemia”.


“O debate continua, mas já está provado que o financiamento público de campanha ajuda combater a corrupção e democratizar a participação no processo eleitoral. Portanto, aumentar o 'Fundão' nessa proporção e nesse momento não faz nenhum sentido”, disse.


O 'Fundão' é destinado aos partidos políticos para financiar as campanhas campanhas eleitorais. Com o valor aprovado, 185% maior do que nas eleições de 2020, o Brasil está no topo mundial do uso de dinheiro público para o financiamento de campanhas. “Votamos por uma LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) voltada para os interesses sociais, atendendo a saúde, a educação e o desenvolvimento”, defendeu Zé Neto. Neto sobre Fundão: 'Não é hora de aumento e sim de cuidar dos mais pobres'*


_Para o deputado, aprovação do Fundo Eleitoral de quase R$ 6 bilhões é desproporcional nesse momento de pandemia._


Contrário a aprovação do Fundo Eleitoral de quase R$ 6 bilhões para 2022, o deputado federal Zé Neto (PT-BA), que votou junto com a Bancada do PT na Câmara, afirmou que “não é hora de aumento mas sim de cuidar dos mais pobres, principalmente, nessa pandemia”.


“O debate continua, mas já está provado que o financiamento público de campanha ajuda combater a corrupção e democratizar a participação no processo eleitoral. Portanto, aumentar o 'Fundão' nessa proporção e nesse momento não faz nenhum sentido”, disse.


O 'Fundão' é destinado aos partidos políticos para financiar as campanhas campanhas eleitorais. Com o valor aprovado, 185% maior do que nas eleições de 2020, o Brasil está no topo mundial do uso de dinheiro público para o financiamento de campanhas. “Votamos por uma LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) voltada para os interesses sociais, atendendo a saúde, a educação e o desenvolvimento”, defendeu Zé Neto.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE